Concurso Público relativo ao recrutamento para a Admissão na Classe de Oficiais (Médico) ao abrigo do disposto nos Estatutos dos Militares

 

1.      Enquadramento

As Forças Armadas de Cabo Verde (FACV) pretende recrutar 1 (um) Médico, para o desempenho das respectivas funções na Policlínica Militar nos termos abaixo descritos.

 

 2.      Conteúdo da função

Para exercer a função os candidatos precisam estar capacitados para desenvolverem, entre outras, as seguintes atribuições:

  • Realizar consulta e atendimento médico;
  •  Interpretar dados de exame clínico e diagnosticar estado de saúde dos pacientes;
  •  Planear e prescrever tratamento dos pacientes e praticar intervenções clínicas;
  • Implementar ações para promoção da saúde, emitir receitas e realizar procedimentos operacionais padrão;
  • Efetuar perícias, auditorias e sindicâncias médicas;
  •  Participar em equipas interdisciplinares, realizando atividades em conjunto, tais como: visitas médicas, discussão de casos, reuniões administrativas, visitas domiciliares, feiras de saúdes etc;
  • Participar, de projetos, cursos, eventos, comissões, convênios e programas de ensino e pesquisa;
  • Elaborar relatórios e laudos técnicos em sua área de especialidade;
  •  Participar de programa de treinamento, quando convocado;
  •  Trabalhar segundo normas técnicas de segurança, qualidade, produtividade, higiene e preservação ambiental;
  • Executar tarefas pertinentes à área de atuação, utilizando-se de equipamentos e programas informáticos;
  •  Executar outras tarefas compatíveis com as exigências para o exercício da função;
  • Assessorar o Comandante, Director ou Chefe em assuntos da sua especialidade;
  • Executar   outras   tarefas   de   mesma   natureza   e   nível   de   complexidade associadas ao ambiente organizacional.

 3.      Requisitos exigidos

Para o desempenho destas funções exige-se:

  • Nacionalidade Cabo-Verdiana;
  • Formação Superior em Medicina;
  • Experiência profissional mínima de 1 (um) ano.

 

 Requisitos complementares:

  • Bons Conhecimentos informáticos;
  • Capacidade de trabalho em equipa;
  • Bons conhecimentos da língua Portuguesa;
  • Conhecimentos da língua Inglesa;
  • Facilidade de comunicação e relacionamento interpessoal, espírito de cooperação e capacidade para resolver problemas e imprevistos;
  • Sentido de responsabilidade e rigor na execução das tarefas;
  • Interesse pelo auto desenvolvimento e formação permanente;
  • Disponibilidade para trabalhar em qualquer das Regiões Militares, Comandos ou Serviços das FA.

 

Requisitos Preferenciais:

  • Ter Cumprido o Serviço Efetivo Normal;
  • Ter situação Militar Regularizada;
  • Maior grau académico
  • Ter bom comportamento Moral e Cívico;
  • Maior experiência profissional;
  • Robustez física e Psíquica;




4.      Metodologia de seleção

 

A seleção será feita por concurso que abrangerá os seguintes aspectos:

 

  • Triagem curricular detalhada, em conformidade com os requisitos supramencionados de acordo com as necessidades e interesses das Forças Armadas;
  • Provas de Aptidão Físicas (PAF):
    •  Corrida de 80 metros Plano (11,5 Segundos) – Sexo Masculino;
    •  Corrida de 80 metros Plano (13,5 Segundos) – Sexo Feminino;
    • Executar 03 (Três) flexões de braços na barra (Sexo Masculino);
    •  Executar 40 (quarenta) abdominais em 1 (um) minuto – Sexo Masculino;
    •  Executar 32 (Trinta e dois) abdominais em 1 (um) minuto – Sexo Feminino;
    •  Executar 15 (Quinze) extensões de braços no solo (1 minuto) – Sexo Feminino;
    •  Correr 2400 (dois mil e quatrocentos) metros em 12 Minutos - Sexo Masculino;
    • Correr 2100 (dois mil e cem) metros em 12 Minutos - Sexo Feminino;
    • Superar obstáculos (Murro “1 metros de altura” e Vala “ 3,30 metros) – Sexo Masculino.
    • Superar obstáculos (Murro “70 Centímetros de altura” e Vala “ 2,50 metros) – Sexo Feminino.

 

  • Inspeção médica:
    • Exames sensoriais: acuidade auditiva, acuidade visual, sensibilidade cromática e campo visual;
    • Exames médicos auxiliares:eletrocardiograma,raios-x ao Tórax, análises ao sangue, análises à urina e análises toxicológicas.
    • Entrevista.

 

5.      Constituição do júri

 

O júri será composto por:

  • Um presidente;
  • Três Vogais (Um Oficial da Direção dos Serviços de Saúde, dois Oficiais do Comando do Pessoal);
  • Um Secretário.


6.      Validade do concurso

O presente concurso será válido por um período de 2 (dois) anos.

 

7.      Condições de Admissão

A admissão é feita na Classe de Oficiais do RC (Regime de Contrato) com o Posto de Tenente, após a conclusão com aproveitamento da Formação Militar exigida (Conforme o Programa elaborado).

 

8.      Condições de ingresso

O ingresso na Carreira de Oficiais dos QP é feita após a fase probatória em RC, que tem a duração de 12 (Doze) meses, mediante a informação favorável dos Comandos/Serviços onde for colocado.

 

9.      Remuneração

A remuneração será de acordo com a tabela salarial vigente nas FACV.

 

10.  Outros

A FACV reserva-se o direito de não selecionar qualquer candidato caso não sejam satisfeitas as condições requeridas.

 

 11.  Processo de candidatura

Os interessados deverão enviar:

- Curriculum vitae detalhado;

- Fotocópia colorida do bilhete de identidade;

- Certificado de Formação Superior (Cópia Autenticada) ou Certificado de Equivalências;

- Comprovativo de Experiência Profissional;

- Certificado do Cadastro Policial (PN e PJ);

- Registo Criminal;

- Certidão Militar.

 

As candidaturas deverão dar entrada no Comando do Pessoal das FA até às 16H00 do dia 18 de Março de 2014, em envelope fechado e com a designação «Concurso de Recrutamento de Médico», dirigido ao Chefe do Estado-Maior das Forças Armadas - Caixa Postal 29- Avenida Cidade Lisboa, Praia.

 

                Comando do Pessoal, na Praia, aos 12 de Março de 2014.

  • Policlínica
  • Pupilos