Forças Armadas de Cabo Verde

GABINETE DO CHEFE DO ESTADO-MAIOR DAS FORÇAS ARMADAS

 

MENSAGEM DE NATAL DE SE  O CEMFA

A quadra natalícia que ora vivemos constitui uma época, que para além do seu elevado simbolismo, faz parte da nossa cultural. Simbolismo, porque é um período em que valorizamos ainda mais os laços de harmonia, de amizade, de paz e de solidariedade. Tradição, porque não podemos, hoje, conceber o cabo-verdiano, sem os festejos que o período traz.

Esses sentimentos, conjugados com os valores que nos são caros, como o patriotismo, a lealdade, a honra, a disciplina e a camaradagem, elevam ainda mais o nosso sentido patriótico e a nossa vontade de servir cada vez mais e melhor a Nação cabo-verdiana.

Esta quadra é propícia para reunir e celebrar a família, no sentido lato do termo. É tempo, também, para reencontrar amigos e recordar os ausentes. Realmente, o tempo que dedicamos as nossas famílias é muito escasso, por força da nossa condição militar, que diminui a nossa disponibilidade nesse sentido. Apelo a todos os que possam passar este período com a família e amigos, que o aproveitem ao máximo, desfrutando da sua companhia, num ambiente que desejo esteja, fortemente, presente o espírito natalício.

A todos os militares, independentemente do local onde presta serviço, o meu reconhecimento pelo profissionalismo, dedicação e entrega, como tem servido as Forças Armadas, patenteando sentido patriótico, coragem e generosidade, no serviço da defesa militar do nosso povo e destas ilhas.

Aos militares, na reserva e na reforma, parte da família militar cabo-verdiana, o nosso respeito e consideração pelo seu esforço na edificação e no engrandecimento das nossas Forças Armadas. Temos o dever de os dignificar e de promover o reconhecimento entre gerações, como algo que deverá merecer de nós todo o carinho. A estes militares o nosso respeito. Reiteramos que as nossas Forças Armadas continuam a preocupar-se convosco.

O meu apreço a todos os militares e funcionários civis que, com competência, sobriedade e abnegado sentido de serviço público têm cumprido a sua missão, contribuindo, assim, para uma maior e melhor eficiência e eficácia da nossa instituição.

Neste ano que marcha, de forma galopante, para o seu término, levou as Forças Armadas a experienciar grandes desafios. Foram lançadas as bases para a implementação de um novo figurino que ira conformar toda a estrutura das nossas Forças Armadas.

Estou ciente, de que as restrições económicas que se continuam a fazer sentir irão condicionar algumas das atividades que pretendemos implementar, mas teremos o ânimo e a força para vencer os obstáculos que se nos surgirão ou, pelo menos, minimizar os seus efeitos.

Deixo uma nota de otimismo em relação ao futuro das Forças Armadas, pois o elevado espírito de missão, profissionalismo, competência e dedicação de todos os que servem na nossa instituição são a primeira garantia de que continuaremos a ultrapassar as dificuldades, a cumprir a nossa missão e a prestigiar as Forças Armadas e o país.

Prevejo um futuro brilhante para as nossas Forças Armadas, porquanto é com muito serenidade e esperança que encaro a vinda do novo ano que se avizinha.

A todos os oficiais, sargentos, praças, funcionários civis e respetivas famílias, expresso votos de um Feliz Natal e um Próspero ano de 2017.

Obrigado!

   

O Chefe do Estado-Maior 

Anildo Emanuel da Graça Morais

Major-General

l

  • Pupilos
  • Policlínica