Escola Militar

A Escola Militar (EM) é um estabelecimento de ensino das Forças Armadas criado ao abrigo do disposto no artigo 27º do Decreto-Lei nº 30/2007 de 20 de Agosto. É um órgão territorial e encontra-se na direta dependência do CEMFA.

 A EM é uma instituição de ensino das Forças Armadas ao qual incumbe ministrar a formação militar ao pessoal nos diversos regimes de prestação do serviço militar e promover os estudos nos campos doutrinário e das técnicas e ciências militares. Neste momento as condições criadas são para administrar formação básica, formação de qualificação pelo menos ate o nível medio e ainda pode dar formação para promoções com vista a promoção de militares a nível de Sargento e a nível de Oficial, até promoção a Capitão.

Em termos de orçamento a EM não tem ainda um orçamento próprio, pois não Esta contemplado no orçamento das Forças Armadas verbas para o seu funcionamento.

Organicamente a EM compreende:

1.    A Direção;

2.    O Conselho Escolar;

3.    O corpo docente;

4.    Os órgãos de apoio;

5.    E integra ainda o Centro de Instrução Militar Zeca santos (CIM).

O CIM por estar em São Vicente tem uma relação administrativa com o comando da 1ª Região Militar e uma relação funcional com a EM, pois as formações ministradas no CIM são orientadas tecnicamente pela EM.

Não obstante o CIM ter funcionado como um centro de formação por excelência, o CIM é o braço direito da EM, ou seja, a EM ministra conceitos e aspetos teóricos do nível básico ao superior, o CIM, por sua vez, é concebido para funcionar ligado a questões de formação básica e instrução de tirocínios para diversos níveis de formação ministrados nas escolas ou outras instituições.

No que toca ao corpo docente, este é composto por militares e civis com formação superior ou mais, com a particularidade de todos os civis convidados para ministrarem aulas, serem profissionais com critérios dados na matéria       

Em relação a militares que se encontram nas universidades a EM pode apoiar a nível de material (ex: fotocopias, salas equipadas com computadores para desenvolverem os seus trabalhos académicos, entre outros). Um aspeto a realçar é o facto da EM estar neste momento a procura de parcerias com as mais diversas universidades para conseguir bolsas de estudo ou apoio no pagamento das propinas para militares que queiram ingressar no ensino superior.        

 

  • Policlínica
  • Pupilos